segunda-feira, 25 de maio de 2015

Mensagem ERI - Indicador de Troca de Bateria Eletivo


Ação requerida: Ligar para o médico solicitando troca de bateria, que está indicando "quase" final da vida útil. Poderá desligar em breve, te deixando na mão...

Um comentário:

Cirurgia para Parkinson disse...

Isso é um problema. So quem passa por isso que pode dizer. Mas para situar as pessoas e ajudar a desmistificar o assunto:

1) Nao ha nenhum risco se a bateria acabar. Nao tem nada a ver com marcapasso cardiaco, onde o paciente pode falecer se o marcapasso nao funcionar. Aqui, a unica coisa que acontece, é a pessoa nao ter os beneficios que a cirurgia proporciona. Ou seja. A pessoa volta a ser ela mesma, apenas com a ajuda dos remedios. É logico que em geral todos os pacientes operados nao querem isso, pois a cirurgia faz uma grande diferenca. Sempre querem que o estimulador esteja funcionando. Por isso o temor quando a bateria esta no fim. Mas nao que isso represente propriamente risco à saude do paciente. O que acontece é que a pessoa vai ficar sem o efeito da cirurgia. Nada mais.

2) Ja existe no Canada uma bateria recarregavel que dura 25 anos. E ela nao vai demorar a chegar no Brasil.

3) Uma cirurgia de troca de bateria pode ser feita com anestesia local. O gerador (o 'marcapasso') fica embaixo da pele. Corta a pele, troca o gerador, da ponto, acabou. Dura no maximo 20 minutos.

4) Toda cirurgia tem riscos. E os riscos sao de quem esta la passando por ela. Mas troca de bateria realmente nao é uma cirurgia complicada.