quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Revolução contra o Mal de Parkinson
Implante de eletrodo no cérebro reduz os sintomas e dá qualidade de vida ao paciente
22.10.09 - Rio - Com a ajuda de dois aparelhos, implantados no cérebro e no peito, pacientes que sofrem do Mal de Parkinson retomam a habilidade motora e a qualidade de vida. Método revolucionário no Brasil, a Cirurgia de Estímulo Cerebral Profundo ameniza sintomas como tremores, rigidez nos membros e lentidão. Há 16 anos com a doença, o ator Paulo José, 72, foi submetido ao procedimento, como O DIA mostrou ontem.

Médico responsável pela operação do ator, o chefe de neurocirurgia da Clínica São Vicente, Paulo Niemeyer, explica que o procedimento é recomendado para casos avançados, “quando remédios não apresentam mais resultado satisfatório”. Com o paciente acordado, um eletrodo, com fio de 15 cm, é introduzido no cérebro por um orifício no crânio, e acoplado ao local da lesão. Depois, sob anestesia geral, médicos fazem um corte superficial na pele para implantar bateria próximo ao peito.

“O eletrodo do cérebro fica conectado a bateria semelhante a marcapasso cardíaco. O paciente fica acordado para relatar os efeitos do eletrodo sobre os movimentos prejudicados”, explica o especialista. (segue...) Fonte: O Dia.
Técnica não é nova!

2 comentários:

Sebastião disse...

estou prestes a fazer esta
cirurgia e estou morrendo de medo, se possível alguem me diz se corro algum risco. meu nome é Sebastião e moro em Mairiporã -sp.
sebastiao@stiloborrachas.com.br

Sebastião disse...

tenho tremor essencial há muito tempo e estou prestes a fazer
esta cirurgia, gostaria de saber se corro algum risco. obrigado.